Primeiramente o que é Open Source?
Desenvolvido por Eric Raymond e outros fundadores da OSI (Open Source Initiative). O código aberto (Open Source) é o código-fonte de um software, isso significa que o usuário pode contribuir para a própria evolução da ferramenta e por não possuir um custo de licença, oferece a oportunidade de um maior investimento em serviços e formação para as empresas.
Critérios para que o Open Source seja considerado: 1. Deve ser de Distribuição livre 2. Incluir o Código Fonte 3. O código fonte deve ser legível, que permita realizar as modificações e trabalhos derivados 4. A Licença não pode impedir o uso do seu suporte a outros programas e deve estar disponível para qualquer grupo de pessoas ou indivíduo.
Vantagens de utilizar o Open Source:
– O código aberto, em muitos casos, tem qualidade superior, além de na maioria dos casos, são muito mais baratos do que o software proprietário.
– É muito mais confiável em termos de segurança, porque você tem uma certeza maior do nível de confiabilidade do produto, pois permite que você saiba para onde as suas informações estão indo. Ao contrário do software proprietário, que os usuários não possuem acesso a segurança dos dados, deixando a responsabilidade total para as empresas privadas.
– É muito mais prático e simples a troca de documentos e informações, além de integrar com outros sistemas ERP (SAP, Oracle, IBM e outros).
– Tem maior eficiência e versatilidade, pois os programas são desenhados para as suas necessidades especificas, além de permitirem a expansão e adaptação com menor custo.
– Os desenvolvedores de programas Open Source recebem uma análise completa, em qualquer parte do mundo e sem custos.
Quer saber mais? Entre no site: opensource.org
Essas foram algumas das vantagens de utilizar um software Open Source, gostou? Então compartilhe para os seus seguidores. Até a próxima!
Share This