Marketplaces e Suas Exigências – Não é um Bicho de Sete Cabeças

Marketplaces e Suas Exigências – Não é um Bicho de Sete Cabeças

Os marketplaces para quem tem loja virtual,  são excelentes opções para aumentar a visibilidade da marca e impulsionar as vendas. No entanto, alguns donos de e-commerce ainda ficam na dúvida sobre as vantagens de incluir os seus produtos nestes espaços quando sabem das exigências que devem ser cumpridas.

Estas podem variar entre um marketplace e outro, mas, de forma geral, podemos dizer que elas visam garantir a qualidade do atendimento, o cumprimento de prazos e a simplificação de processos. Estes são cuidados necessários, afinal, as vendas realizadas pelos lojistas também refletem na imagem e reputação do marketplace.

Vale dizer que esta qualidade no atendimento também beneficia as lojas. Quer saber como? Acompanhe o post!

Marketplace: Exigências que Impulsionam as Vendas

Regularização da empresa Alguns ambientes exigem que o lojista apresente marca registrada e CNPJ. Se você está iniciando no universo das vendas online, saiba que estes são cuidados que fazem bem ao seu negócio.

A formalização da empresa profissionaliza a sua loja e possibilita a emissão de notas fiscais. É importante destacar que lojas virtuais, assim como as físicas, também devem emitir notas quando vendem um produto.

Se o seu e-commerce ainda é pequeno, você pode começar se registrando como Microempreendedor Individual (MEI) ou abrindo uma microempresa.

Categorização de produtos Também é comum que o marketplace coloque campos obrigatórios durante a inclusão de um novo produto. A categoria a que a mercadoria pertence é um exemplo.

Esta é uma exigência que ajuda a organizar a lista de produtos disponíveis no site e garante que os internautas encontrem o que precisam com maior rapidez.

Isso ajuda a impulsionar as suas vendas porque contribui para que mais consumidores interessados visualizem os seus produtos.

Imagens Outra exigência dos marketplaces são imagens dos produtos anunciados. Quem compra na internet quer visualizar os produtos antes de concluir o negócio.

Por isso, imagens são essenciais para garantir mais venda. Impulsione as suas vendas: capriche na qualidade das fotografias dos seus produtos. Aposte em uma boa iluminação e inclua imagens que mostrem diferentes ângulos do item.

Avaliação dos consumidores – Alguns marketplaces exigem que os seus lojistas tenham boas referências dos consumidores. Dependendo do site escolhido, o anunciante não é aceito se tem nota inferior a regular em sites como o Reclame aqui.

O que o lojista precisa fazer, nesse caso, é trabalhar estratégias para aumentar a sua qualificação. Ou seja, procurar solucionar os problemas citados nas reclamações e analisar melhorias que aumentem a qualidade dos serviços prestados pela loja e, consequentemente, a sua avaliação.

Este aprimoramento no atendimento reflete diretamente em mais clientes comprando da empresa.

Pontualidade nas entregas – Em algumas plataformas, atrasos frequentes podem levar ao bloqueio da sua conta. É claro que podem acontecer contratempos, mas, de forma geral, é importante ficar atento aos prazos prometidos aos clientes e cumprir as datas pré-definidas.

Melhorar a qualidade do frete da sua loja e entregar o produto em dia são ações que levam a um aumento na satisfação do público. E consumidor satisfeito compra mais da sua loja!

Resumidamente você precisa seguir essas regrinhas para entrar em um marketplace, lembrando que cada um é único e podem variar em alguns aspectos:

Estoque: Ter pelo menos 1 item;

Categoria: Mais detalhada possível / Geralmente não pode passar de 4 mil caracteres;

Atributos: Sempre relevantes para o produto como cor, tamanho, voltagem, sabor, idade, gênero, etc;

Imagens: Pelo menos 2, em JPEG com tamanho variável entre 600×600 e máximo de 1200×12000. Proibido o uso de Marcas D’água;

EAN: Aconselhável ter;

Título do produto: Segue o modelo – NOME DO PRODUTO | MODELO |CARACTERÍSTICAS | COR | MARCA;

Marca: Geralmente precisa ser cadastrada no Marketplace desejada;

Site: Maioria dos marketplaces exigem Loja Virtual.

Lembrando que a maioria dos marketplace proíbe vendas de armas (mesmo que brancas) e produtos falsificados.

E Você, o Que Pensa das Exigências dos Marketplaces? Comente a Sua Opinião.

Precisa de alguma ajuda? Conte com o Plugg.To para integrar seu e-commerce aos principais marketplaces, conheça nosso Hub de Integração!

O Que São Marketplaces e Por Que Você Deve Vender Neles?

O Que São Marketplaces e Por Que Você Deve Vender Neles?

Marketplace utiliza o conceito de oferecer tudo em um só lugar. Um mercado, ou shopping, onde você encontra todos os tipos de produtos. 

Em uma tradução Marketplace seria “Lugar de compras”. No mundo físico, nós conhecemos como shopping. Diversas lojas reunidas em um mesmo local com várias ofertas de produtos.

Esse conceito de reunir todas as categorias de produtos em um só local passou para o mundo virtual, mas no Brasil surgiu com força em meados de 2013.

Desde então, o consumidor passou a ter uma gama maior de ofertas dentro destes grandes sites, os lojistas passaram a ter maior alcance dos seus produtos e os Marketplaces lucram com a comissão recebida destes sellers (como são chamados lojistas que vendem nesses espaços).
 
É um relacionamento ganha-ganha: Enquanto o vendedor expõe seus produtos e suporte por vender naquele ambiente, o Marketplace sai ganhando por apresentar uma variedade muito maior de produtos para os visitantes do site. 

E Quais São os Marketplaces no Brasil?

 Mercado Livre – um Marketplace genuíno. É o único no país que realmente oferece seu tráfego de visitas, estrutura do site, gestão de anúncios e demais serviços sem concorrer com seus Sellers. Ou seja, o Mercado Livre não oferece produtos de um estoque próprio. Por isso consideramos o mais antigo e “puro” da modalidade no Brasil.

Buscapé – O Buscapé é um site de serviços gratuitos de busca de produtos e pesquisa de preços. Desde o segundo semestre de 2017, virou também um centro de comércio virtual, onde se pode comprar produtos de várias lojas diferentes. 

B2W Digital – Dona de famosas bandeiras do mundo online, como Submarino, Americanas e Shoptime 

Via Varejo – uma das maiores varejistas do país. A Via Varejo é dona das bandeiras Casas Bahia, Extra e Ponto Frio.

Magazine Luiza – a “Magalu”, como é conhecida do grande público, é considerada pelos especialistas a empresa com maior possibilidade de crescimento no mercado nos próximos anos. 

Walmart – A francesa fez tanto sucesso com marketplace que optou por focar suas vendas online somente nesses espaços.


E muitos outros espaços como Amazon, Netshoes, Zattini, Mobly, Madeira Madeira, Carrefour, Ricardo Eletro, Zoom, Shoptime, Dafiti, Kanui, Tricae, C&A, Saraiva, Centauro…

Com tantas ofertas por aí, não demorou para que os marketplaces evoluíssem e se transformassem. Hoje, temos os chamados “marketplaces nichados”, onde cada espaço é especialista em um tipo de venda. Por exemplo a Vital Care, que é especializada em saúde e itens para o bem-estar, ou Antes de Mim, onde o foco é na maternidade e primeira infância.

Resumidamente Vender Em Um Marketplace Funciona Assim: 

1-    O Marketplace e a loja fecham o acordo e o lojista recebe sinal verde para vender;
2-    O lojista enriquece os produtos e os disponibiliza para venda;
3-    Consumidor efetua a compra no Marketplace;
4-    Lojista recebe o pedido e realiza a entrega;
5-    Consumidor recebe o pedido do Seller;
6-    Marketplace liberar o pagamento ao lojista já descontando a comissão cobrada por venda.

E Quais São as Vantagens de Vender Nesses Espaços?

Vendendo em um marketplace você não só tem a chance de atrelar a sua marca a uma loja muito mais conhecida, como também ter toda a divulgação feita por ele! 


Isso também significa zero problemas com toda a questão de segurança de dados (que sabemos que pode dar um problema danado!) e toda a parte de infraestrutura que ter uma loja exige. 


Desta forma, seus produtos serão visualizados por centenas de pessoas diariamente, o que pode aumentar muito as suas vendas!

O Que Seria Um Hub de Integração?


Um Hub de Integração é uma ferramenta fundamental para quem quer realmente lucrar nesses marketplaces. Com ele, além de você poder integrar em vários de uma vez, consegue enriquecer seus produtos para deixa-los mais atrativos, aumentar suas vendas significantemente e ter uma análise completa do seu negócio. 


Estamos com uma parceria com o Plugg.To, o Hub de integração com maior número de marketplaces no país. Acesse AQUI para ter uma oferta especial! 


BOAS VENDAS!